MENSURAÇÃO DO DÍMERO D E SUA INFLUÊNCIA EM PACIENTES COM COVID-19

Autores

  • Thalita Leite Oliveira UNILEÃO
  • Julia Gonçalves Souza UNILEÃO
  • Antonia Daiane Silva de Lavor UNILEÃO
  • Francisca Alana de Lima Santos UNILEÃO

DOI:

https://doi.org/10.16891/2317-434X.v.10.e1.a2022.pp1286-1289

Resumo

A COVID-19, doença causada pelo SARS-CoV2, não afeta somente o sistema respiratório, mas também todos os sistemas do corpo. Pacientes com a doença, especialmente em sua forma mais grave, são mais propensos a apresentarem elevados índices de coagulopatias. Relacionado a isto está o aumento da taxa do Dímero D (DD), produto da degração da fibrina, formado pela ativação da enzima plasmina. Esses pacientes tem uma maior propensão a desenvolver Trombose Venosa Profunda (TVP), Coagulação Intravascular Disceminada (CIVD), entre outros problemas graves relacionados à coagulação. O objetivo do estudo foi conhecer através da literatura a importância da mensuração do Dímero D em pacientes com Covid-19 e como isso influencia na progressão da doença, sendo a pesquisa realizada nos seguintes bancos de dados: PubMed, Scielo, PEDro e Lilacs, utilizando os descritores “COVID-19”, “D dimmer” e “Coagulation” e com o operador booleano AND. Foram selecionados artigos publicados entre os anos de 2020 e 2021, sendo encontrados ao todo 182 artigos, porém utilizados 37 para a  revisão. Nos artigos selecionados, mostrou-se a importância da análise do Dímero D em pacientes com covid-19, pois seu aumento pode estar associado a gravidade da doença e ao risco de mortalidade. Além do DD, há a importância da análise e mensuração de outros marcadores tromboembólicos para a análise do prognóstico do paciente. de problemas vasculares/coagulação decorrentes da doença. A mensuração do Dímero D é essencial especialmente para os pacientes com Covid-19, pois pode estar associado à gravidade e ao risco de mortalidade por causa da doença.

Downloads

Publicado

2022-02-07

Edição

Seção

Artigos