CONTRIBUIÇÕES DA FAMÍLIA NA FORMAÇÃO INTEGRAL DA CRIANÇA DE 0 A 06 ANOS JUNTO ÀS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

  • Fábio Júlio Serafim da Silva Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.16891/2317-434X.v.10.e1.a2022.pp1221-1229

Resumo

O principal objetivo deste trabalho é fazer uma reflexão a partir da Educação Física inserida na Educação Infantil, abordando o quanto é importante a parceria entre a família e os professores que atuam nesse ciclo educacional, com foco na contribuição junto ao desenvolvimento Biopsicossocial. Para tanto, foi utilizado como metodologia uma revisão literária, selecionado artigos, revistas, livros, relatórios de pesquisas, teses e monografias, que são especializadas no tema em questão. Diante desta reflexão, evidencia-se a necessidade de levar adiante para toda sociedade, em torno da importância da parceria entre escola e familiares junto ao processo de ensino aprendizagem das crianças de 0 a 06 anos.

Referências

ARAUJO, Rita; FLORIANA, Magda. Vygotsky e as teorias da aprendizagem: Pelotas. Unirevista, 2006.

ANTUNES, Celso. A linguagem do afeto: como ensinar virtudes e transmitir valores. Campinas, São Paulo. Papirus, 2005.

AYOUB, E. Narrando Experiências com a Educação Física na Educação Infantil,

Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 6, n. 3, p. 143-158, maio2005.

ARIÉS, P. História social da criança e da família. 2.ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei nº 8069, de julho de 1990.

______. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.

_____. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998a.

______.Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional-LDB. Lei Darcy Ribeiro 9.394/96. Brasília-1996.

BOCCATO, V. R. C. Metodologia da pesquisa bibliográfica na área odontológica e o artigo científico como forma de comunicação. Rev. Odontol. Univ. Cidade São Paulo, São Paulo, v. 18, n. 3, p. 265-274, 2006.

BOTELHO, Robson. Família e escola: uma parceria para o processo ensino aprendizagem. Campos dos Goytacazes/Rio de janeiro: Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense Campus, 2014.

.CHALITA, G. Educação: A solução está no afeto. São Paulo: Gente, 2001.

CRAIDY, Carmen; KAERCHER, Gládis. Educação Infantil pra que te quero? 1ª edição. Porto Alegre: Artmed, 2001.

CORSARO , W. Nós somos amigos , certo ?: dentro culturas infantis. Washington , DC: Joseph Henry , de 2003.

DESSEN, Maria Auxiliadora; POLONIA, Ana da Costa. A família e a escola como contextos de desenvolvimento humano. Paidéia (Ribeirão Preto) [online]. 2007, vol.17, n.36, pp. 21-32. ISSN 0103-863X. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0103- 863X2007000100003>. Acesso em: 25 setembro 2013.

FERREIRA, A.B. de H. Novo dicionário Auréli de língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

GALVÃO, Izabel. Uma reflexão sobre o pensamento pedagógico de Henri Wallon. In: Cadernos Idéias, construtivismo em revista. São Paulo, F.D.E., 1995.

GENTILIN, Adriana; REGINA, Verônica. Educação Física na Educação Infantil: uma realidade almejada. Curitiba: UFPR, 2009.

KAMII, Constance. Jogos em grupo na Educação Infantil: implicações da teoria de Piaget. São Paulo: Trajetória Cultural, 1991.

LUÍSA, Ana. A relação entre escola e família as suas implicações no processo de ensino aprendizagem. Lisboa: Escola superior de educação João de deus, 2012.

LEFRANÇOIS, Guy R. Teorias da Aprendizagem. Tradução: Vera Magyar. 5ª edição. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

MARQUES, R. A escola e os pais como colaborar?. São Paulo. Texto Editora. 4ª ed. 1993.

MARTINS, Sandra; TAVARES, Helenice. A família e a escola: desafios para a educação no mundo contemporâneo. Uberlândia: Revista Católica, 2010.

PÁDUA, Luiz de. A epistemologia genética de Jean Piaget. Disponível em: <http://facevv.cnec.br/wp-content/uploads/sites/52/2015/10/A-EPISTEMOLOGIA-GENETICA.pdf>. Acesso em: 14 out. 2016.

PIAGET, Jean. A formação do símbolo na criança. 3ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1971.

_____. Seis estudos de Piaget. Tradução: Maria Alice Magalhães D´Amorim e Paulo Sérgio Lima Silva. 25ª ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2011.

PESSANHA, Gabrielle. Tecendo ideias sobre a importância da relação família e escola na infância. Rio de Janeiro: Centro de ciências humanas e sociais, 2014.

SCHETTINI FILHO, Luiz. A criança de 6 a 10 anos: na família e na escola. Recife. Bagaço, 1997.VYGOTSKY, L.S. Formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1984.

WALLON, Henri, (1995). Psicologia e Educação da Infância. Lisboa: Estampa.

Downloads

Publicado

2022-02-07

Edição

Seção

Artigos